Própolis

PRÓPOLIS RAN-YU

O Brasil possui a maior biodiversidade do mundo, onde se encontra a maior variedade e quantidade de plantas, sendo em um futuro próximo, o maior fornecedor de nutrientes e;ou bioativos capaz de neutralizar inúmeras doencças que hoje nos aflige. dentre estas plantas, existe o Alecrim do Campo uma planta nativa do interior de SP e MG.

Quando as abelhas desta Região (SP e MG) buscam seus nutrientes a fim de produzir o el, cêra e geléia, a mesma defende sua colméia dedoenças, pragas e parasitas, isolando-a com um tipo de própolis que agraga benefícios jamais vistos em outros, o chamado de “Própolis Verde”.

Nas regiões de floresta nativas do Brasil como existentes no Paraná, as abelhas produzem um própolis de ótima qualidade, capaz de inibir vírus e câncer em laboratório, o qual chamamos de “Própolis Vermelho”.

Unindo estas qualidades é que a L´MOS do Brasil produz seu extrato de Própolis LM55-X e LM55-XG, em concentrações tipo exportação, dentro das qualidades exigidas pela comunidade internacional.


Eficácia do Própolis LM55-X e LM55-XG

  • Redução de tumores e câncer
  • Prevenção de danos renais
  • Redução de Gorduras
  • Ação bacteriana e antifúngica
  • Combate problemas detários
  • Combate a infecção hospitalar (combate a ORSA)
  • Forte ação contra a metástase e invação celular tumorai.
  • Eficaz contra inumeros tipos de Câncer:
  • Próstata,
  • Colo do Útero,
  • Ovário e Útero,
  • Mama,
  • Garganta,
  • Intestino,
  • Estômago
  • Pele
  • Eficaz contra parasitas e vermes como Chagas, Malária e Giardia
  • Cardioproteção
  • Neuroproteção, prevenindo Mal de Alziheimer e Mal de Parkinson
  • Eficaz contra Helicobacter Pylorim diminuindo a Azia, Gastrite e ùlcera
  • Eficaz Contra a Hipertensão
  • Forte inibição do HIV-1
  • Evita o Envelhecimento
  • Eficaz em problemas de pele (dermatoses)
  • Eficaz na higiene pessoal
  • Eficaz na Prevenção e tratamento de Gripes e Resfriados
  • Aumento da Resposta Imunológica
  • Combate a inflamações de todo o aparelho digestivo

Garantia de Qualidade

Alimento registrado e garantido pleo: MA/SIF/DIPOA, Ministério da Agricultura, Serviços de Inspeção Federal sob o número SIF 3822 (Propolis Alcohol in Solução for Export).

Frasco de vidro âmbar e grau farmacêutico, não altera a composição do extrato de própolis, pois o vidro é inerte, estável e sua coloração impede a radiação do sol. Plásticos são instáveis e ácidos e alteram quaisquer alimentos e/ou produtos farmacéuticos, sendo ruins para a nossa saúde.

Cânula de vidro e bulbo em material farmacêutico, são mais estáveis e resistentes que látex comum amarelo, não se dissolvem com o produto, são inertes e não alteram os produtos. Plásticos liberam toxinas como dioxinia, causando degenerações como o câncer.


Mais informações

Extrato de Própolis verde

Anti-câncer, antitumoral e anti-inflamatório do estômago, rins e frente a inúmeros câncer, além de maior sobrevida:

O CAPE existente no Própolis Brasileiro foi capaz de reduzir os genes induzidos pelo Helicobacter pylori, responsável pelo CÂNCER GÁSTRICO, além de apresentar propriedades de reduzir os danos do câncer (ANTI-CÂNCER) e da inflamação (ANTI-INFLAMATÓRIO) ocasionado pelo H. pylori.

Em outro estudo, a fim de se verificar se o Extrato de Própolis Brasileiro poderia causar problemas de doenças, mutagenicidade e carcinogenicidade, que poderia levar a câncer. Verificou-se que além de não produzir nenhuma doença, o Extrato de Própolis Verde Brasileiro apresentou Potente Ação Anti-inflamatória, Proteção de Vários Órgãos, Ação Antitumoral, levando a Uma Maior Sobrevida (Vida Mais Longa).

Anti-câncer mamário

Os resultados destes estudos, mostraram que as mutações ocasionadas em P53, induzem a câncer mamários. E neste caso, o CAPE, existente no Própolis Verde é capaz de ser utilizado em tratamento de câncer mamário por apresentar resultando benéfico em abordagem específica e direcionada. Pois ocasionam a Apoptose (Morte Celular) direcionada das mutações P53, causadora de câncer mamário.

Tratamento de câncer de mama - Ajuda na quimioterapia:

Quando se faz a quimioterapia no tratamento de mamas, pensamos em destruir todas as células malignas de for eficaz. Este estudo, demonstra que:
O Extrato Etanólico de Própolis, com seus derivados fenólicos como o CAPE, frente a duas linhagens de células cancerígenas de mama, ajudou potencialmente a quimioterapia, sensibilizando as células de carcinomas e melhorando a susceptibilidade as drogas utilizadas, podendo ser um ótimo medicamento padrão a ser utilizado no Tratamento de Câncer de Mama.

Inibição de células-tronco de câncer de mama

As Células-tronco de câncer de mama são resistente à quimioterapia, estando implicados na recorrência do tumor, metástase e alta mortalidade dos pacientes. O CAPE existente no Própolis Brasileiro, além de ter uma atividade anticâncer, demonstrou que inibe fortemente a auto renovação e proliferação das Células-Tronco Malignas em Câncer de Mama em cobaias, impedindo a Formação do Progenitor Maligno e o Crescimento Clonal dos mesmos, onde os níveis de malignidades foram de 10 a 100 vezes menor em comparação com os controles. Logo, o CAPE do Própolis Brasileiro mostra sinais muito fortes na diminuição do Potencial de Malignidade em Câncer de Mamas.

Redução da neurodegeneração, prevenindo contra o mal de Alzheimer e mal de Parkison:

A homocistéina, está associado a um aumento de risco da disfunção cognitiva, de as células se comunicarem. Quando a concentração desta proteína aumenta, ocorre um aumento do estresse oxidativo, ocasionando problemas nas células neurológicas de transmitirem seus impulsos nervosos, levando a neurodegenerações do cérebro. O uso de Própolis reprimiu os danos e o estresse oxidativo ocasionado pela Hiper-homocisteinemia induzida, reduzindo a agregação de proteína nas células nervosas, como a Beta-Amilóide, impedindo a Neurodegenerações, uma forte ação de Inibição e que pode Prevenir e Ajudar no Tratamento de Mal Alzheimer e Mal de Parkinson.

Anti AngiogênesesTumoral (vasos novos para irrigar o tumor):

O CAPE do Extrato de Própolis Brasileiro apresenta forte efeito supressor de angiogêneses de células cancerígenas, retinopatias diabéticas e de células cancerígenas intraperitoneais (cavidade intestinal), impedindo a oxigenação e crescimento dos tumores.

Proteção a neurodegeneração:

Nosso organismo está em constante renovação, mas com a idade, ocorre o envelhecimento e destruição das células nervosas, que levam a perda de memórias, paralisias, podendo levar, conforme os danos neurocelulares a Mal de Parkinson e ao Mal de Alzheimer. Muitas destas neurodegenerações são ocasionadas por inflamações e desequilíbrios da microgliais. O CAPE existente no própolis brasileiro é capaz de reduzir a inflamação das células nervosas, equilibrando e inibindo a ativação exacerbadas das microgliais, reduzindo a a progressão das neurodegenerações.